domingo, 7 de agosto de 2011

É por estas e por outras que eu me odeio pelos posts que tenho para escrever a seguir.

E meia-hora depois da conversa do post abaixo, quando, finalmente, o cavaleiro andante chega ao pé de mim, eu resmungo que tenho fome.

Do porta-luvas, saiu uma igual à da fotografia acompanhada apenas da frase: "Calculei que sim".

2 comentários:

Anónimo disse...

TU QUERES MATAR-ME, certo???
HK

Numenor disse...

Bravo, Ambrósio!