domingo, 7 de agosto de 2011

J-U-S-T-I-F-I-C-A-Ç-Õ-E-S

Ninguém me pede para justificar nada, portanto, não o faço. Também não peço que o faço. Vejo fazerem-no dia após dias. Dizem-me onde vão, com quem, porquê. Passado 5 minutos do reaparecimento do Senhor-Não-Quero-Ter-Que-Dar-Justificações-A-Ninguém, também ele me está a dar explicações. Também neste caso eu não as peço e, muito menos, alguma vez as dei.

Mas aqui, neste cantinho, sou honesta comigo mesma. Aqui eu posso dizer que me aconteceu o que nunca tinha acontecido antes. Eu sempre fui boa a compartimentar. A separar as águas.

Mas, aqui, eu posso dizer que pensei nesta música, várias vezes, hoje...


"Cause when I'm with him I am thinking of you
Thinking of you
What you would do if you were the one
Who was spending the night
Oh I wish that I was looking into your eyes

You're like an Indian summer in the middle of winter
Like a hard candy with a surprise center
How do I get better once I've had the best
You said there's tons of fish in the water
So the waters I will test"

1 comentário:

Numenor disse...

Este também não comento.