quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Eu podia casar assim... - 5


Primeiro, foi o vestido que escolhi. Tivesse eu insistido nele e acabaria a casar nua porque já me estava a ver a chegar ao dia, com os nervos, as gaijas a tentarem enfiar-me nele e eu a fugir. E no remotissimo caso de eu o conseguir vestir, noivo teria que ir equipado com tesoura de podar para me tirar de lá!

Depois, decidi for something completely different e fiquei em paz.

Vanos lá acertar as agulhas com os vestidos de minhas bridesmaids... Eu escolhi. e não é que elas vetaram? É como vos digo; isto é uma luta solitária em que ninguém colabora!

Lá se organizou uma conference call altamente internacional e com jeitinho lá se escolheram vestidos (minhas grandes cabras que iam ficar tão lindas no mini-vestido de folhos, mas não... Ai que tem côdea... Ai que tem espinhas...).

Vai noiva deligentissima encomendar os vestidos e não é que se esgotaram em dois dias? E o que tive que suar as estopinhas para os encontrar noutro sitio? Até na Polónia procure, senhores. Polónia!!!

Seja como for, vestidos estão tratados. Falta só chegarem as nossas mãos (ou corpos...).

3 comentários:

Menino De Sua Mãe disse...

Ice Maria,

E a figura é meramente ilustrativa, ou o vestido era mesmo parecido com o da foto? Decidiste transpôr para a roupa tua costela de mãe galinha? ;)

Iceberg disse...

Não. Não era esse. Eu não publico aqui fotos do vestido que o noivo anda à espreita carregado de curiosidade.

:P

Menino De Sua Mãe disse...

A menina é das que mantém o vestido em segredo? Faz parte do grupo das Novas Tradicionalistas?

Imagino a cara dele a ver desfilar os vestidos de que se escapou... :D