sábado, 8 de setembro de 2012

Ar

Hoje, voltou-me o ar. Por 2 dias, vou poder voltar a respirar. Estranho como sou incapaz de inspirar convenientemente quando ele está longe de mim.

Mas por 48h vou respirá-lo. Inspirá-lo. E, depois, vou deixá-lo ir viver a sua grande aventura de avião com o pai.

Agora, só me falta descortinar como vou sobreviver suspendendo a respiração durante uma semana inteira...

2 comentários:

Vic disse...

Há coisas incontornáveis na nossa vida.
Mas é sempre necessário continuarmos a respirar...

Ice Berg disse...

Às vezes, respiramos é mais devagarinho...

:)