terça-feira, 19 de junho de 2012

Como é que eu sei que no fundo, no fundo, sou uma menina?


Porque cada vez que leio isto penso no quanto eu gostava que ela se curasse e se apaixonasse pelo médico e ele por ela e vivessem felizes para sempre com ela a dar apoio a todos os que estão a passar pelo que ela já teria passado.

Uma menina é o que vos digo. Sou uma menina...

4 comentários:

Vic disse...

O que faz com que tudo seja a teu favor :)

Ice Berg disse...

:)

Pipoco Mais Salgado disse...

Uma menina, sim.

(em verdade lhe digo...)

Ice Berg disse...

Hummm... A mística das palavras sagradas...