quarta-feira, 15 de junho de 2011

It's the end of the world as we know it*

Acabei de sair do terraço. Ele esteve uma hora nos meus braços enquanto eu lhe contava histórias de como, antigamente, as pessoas tinham medo de eclipses. Em surdina contei-lhe a história de Cristovão Colombo e de como Alexandre, o Grande, foi derrotado durante um eclipse. Perguntou-me da cor. Disse-me que hoje era a festa das cores das lua. Que estava vermelha mas que ele não tinha medo. Porque é que as pessoas tinham medo antes? Porque achavam que o vermelho seria sangue. Como os vampiros, mãe? Mais ou menos... As pessoas achavam que dava azar. Mas não dá, pois não, não dá? Não. Não dá. Podemos dormir aqui? Podemos... Acordou quando o estava a trazer escada abaixo e disse-me que amanhã vai contar aos amigos todos que ele foi à festa da lua e que estava muito furioso (curioso em português dos comuns mortais) para ver a Lua a desaparecer. Está a beber leite...

*R.E.M.

2 comentários:

Sérgio disse...

Aposto quem nem deves ter reparado na lua!

Iceberg disse...

:)