sábado, 19 de março de 2011

Há dias assim...

Em que, num homem, o ombro é mais importante que a pila. Porém, nos dias assim, descobrimos que o mundo é pródigo em pilas mas sofre de escassez de ombros.

4 comentários:

Numenor disse...

Para que queres um ombro? Ou uma pila? A pila é boa acompanhada de um ombro. O ombro, não necessitando de pila, carece dessa certeza. Experimenta vaginas. Ombros. Ou ignora ambas e opta por querer-te por inteiro.

nuvemdoce disse...

Dias murxos, como algumas pilas, nesse caso, não há ombro que nos conforte!!...Ahhaaah...gostei da analogia!!...

Bjs.

Iceberg disse...

Numenor, há dias em que precisamos de um ombro. Em que nos apetece chorar ao colo da pessoa que é a nossa 'pessoa'. E não tem nada a ver com eu querer-me ou não. Que eu gosto muito de mim. Mas a vida às vezes é uma filha da puta sem misericórdia.

Iceberg disse...

Nuvem, o ombro pode não nos confortar mas ampara nesses dias difíceis... Ó se ampara.

:)